Fotos: Imagem Ilustrativa

saíba mais
11 de Outubro, 17:22

GOVERNO ATENDE CNA E SUSPENDE IMPORTAÇÃO DE LEITE EM PÓ DO URUGUAI

 

Entidade comemorou decisão diante dos prejuízos ocasionados aos produtores brasileiros

 

O governo federal atendeu a uma demanda da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e de outras entidades do setor e anunciou a suspensão das licenças de importação de leite em pó do Uruguai na terça (10). O anúncio foi feito pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

“A produção de leite brasileira cresceu nos últimos anos. Não há necessidade de importar do Uruguai e o volume importado estava criando um ambiente altamente prejudicial ao setor”, afirmou o presidente da Comissão Nacional de Bovinocultura de Leite da CNA, Rodrigo Alvim.

Em 2016, 86% do leite em pó desnatado e 72% do leite em pó integral exportado pelo Uruguai tiveram o Brasil como destino, sendo que 36% do comércio de produtos do agronegócio entre os dois países referem-se a produtos lácteos.

Desta forma, o ministro anunciou a suspensão da entrada do leite uruguaio até que o país comprove que 100% do produto é produzido de fato no país vizinho. A decisão foi tomada em reunião com integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

Em agosto, a CNA e a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) encaminhou ofício ao ministro da Agricultura com as preocupações do setor lácteo brasileiro em relação ao impacto que as importações, principalmente de leite em pó do Uruguai, trazem ao mercado interno.

“Na medida em que não são adotadas as condições técnicas para funcionamento de uma zona de livre comércio, desequilibra o balanço entre exportação e importação, podendo criar um cenário importador altamente prejudicial a uma das partes”, diz o ofício.

Texto: Assessoria de Comunicação CNA

tags
Notícias relacionadas